Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sempre Na Moda

Base - tipos e aplicação

dani, 09.01.11

   Antes de mais, a maior parte das peles normais não pede base. Se quiseres alguma cobertura (várias pessoas não gostam de usar maquilhagem sem alguma cobertura na pele) aplica um pó compacto enquanto o hidratante ainda não secou completamente, com um pincel de pó pequeno.

 

 

Cor

 

   Quanto ao tom da base, no geral deves evitar as que são obviamente amarelas ou cor-de-laranja. Depois procura combinar a cor com o teu pescoço/peito, sempre à luz natural. O melhor é ires acompanhada com alguém que te conheça bem e possa ajudar (toma em consideração se a pessoa tem bom gosto em maquilhagem). Se estiveres em dúvida entre um tom escuro e um mais claro, escolhe o mais claro. E podes sempre combinar a cor da base com o pó para obter a cor perfeita.

 

 

 

Tipo de pele

 

Peles secas

 

  Costumam ter muitos problemas com bases, pois elas enfatizam a pele seca e duplicam o mau aspecto. Antes de mais, pensa se precisas de base. Se não tiveres imperfeições ou tiveres poucas, opta por usar um corrector muito bem esbatido por cima de um óptimo hidratante. Aliás, deves poupar o dinheiro para a base e investir num hidratante, pois assim que conseguires manter a tua pele hidratada, as imperfeições vão provavelmente desaparecer.

   Se quiseres base, escolhe uma líquida e evita pós a todo o custo. Evita também de preferência os pincéis, pois estes provocam uma micro esfoliação que dá muito mau aspecto. Prefere esponjas húmidas.

 

 

Peles oleosas

 

   As bases líquidas são, de modo geral, as que dão mais cobertura, mas nem sempre são as mais adequadas a peles oleosas. Uma base cream to powder (creme a pó) seria o mais indicado, desde que usada na quantidade certa, e existem algumas que têm óptima cobertura. Se insistires na base líquida, podes usar um primer antes de a aplicar, mas talvez um hidratante seja suficiente. Deixa secar bem e aplica a base. Se quiseres aplicar corrector, fá-lo agora. Mais uma vez, deixa secar muito bem e passa pó por cima. Podes usar pó solto ou compacto, com cor ou transparente. Eu aconselho um transparente, principalmente se usares uma base com muita cobertura. O pó vai ajudar a manter a maquilhagem por mais tempo e também dar um toque matte.

 

 

Peles mistas

 

   Se tiveres pele muito mista, ou seja, com áreas muito oleosas e outras muito secas, é importante teres dois hidratantes, um oil free e outro para peles secas. Aplica o primeiro na zona T (testa, nariz, queixo) e o segundo nas faces. A base deve ser cream to powder. Aplica-a normalmente na zona T, mas reduz a quantidade nas faces. Quando passares o pó no fim de secar bem, evita também essa zona.

 

 

Aplicação

 

 

 

Aplicação com pincel de base

 

   A quantidade de base varia, mas normalmente algo do tamanho de uma ervilha é suficiente. Primeiro põe a base no pincel, faz seis pontos (dois na testa, um no nariz, um em cada face e um no queixo) e "pinta" toda a pele com movimentos rectos, certificando-te que não falhas nenhum lugar (pálpebras, pescoço...). Depois bate levemente com o pincel (não o movas de qualquer forma, apenas pressiona a pele) por todo o rosto, de forma a eliminar as "linhas" que o outro pincel deixou e fazer a base fundir-se melhor na pele, para um aspecto uniforme e natural. Deixa secar pelo menos uns 10 segundos e "prende-a" com pó compacto ou solto. Funciona bem com todos os níveis de cobertura, mas se for muito alto usa uma esponja húmida antes do pó, pressionando e esbatendo para ficar menos óbvia.

 

 

Aplicação com pincel de blush

 

  Com um dedo lavado aplica nos seis pontos e mais dois no pescoço. Com o pincel esbate em movimentos circulares curtos, do centro para o exterior do rosto (começa pela zona T). Este pincel funciona bem com bases de alta cobertura.

 

 

Aplicação com pincel duofibra

 

   Aplica nos seis pontos e, com movimentos circulares, espalha-a começando pela testa, descendo pela zona T e aproveitando o resto para as faces e pescoço. Dá um acabamento muito natural e bonito, em todo o tipo de cobertura.

 

 

Aplicação com esponja

 

   Embora não seja o melhor para a base líquida, funciona bastante bem com base em pó ou mousse. Não fica "empastada" e funde melhor na pele. Se preferires, podes usar um pincel de base grosso para a espalhar e só depois esbater com a esponja. Nunca te esqueças do pescoço.

 

 

 

   Estas são formas de aplicares base líquida/mousse/pó, de cobertura leve/média/alta com um pincel de base/blush/duofibra ou esponja húmida (nunca a uses seca). Como vês tens imensas opções, e deves escolher a tua base e aplicação conforme as tuas necessidades. Se tiveres dúvidas por favor deixa comentário e eu aconselho-te.

 

           

 

 

   Por fim, quero deixar umas palavrinhas pessoais. Todos somos imperfeitos, e por isso nos chamam humanos. Quem nunca viu fotografias como estas, de celebridades sem maquilhagem (com má luz e fazendo caretas, diga-se de passagem)? Se elas têm o direito de se sentirem mais bonitas com maquilhagem, por que havemos nós de nos sentirmos mal por o fazermos?

   Não dêem ouvidos a quem vos diz que por usarem maquilhagem são fúteis, meninas e meninos. O corpo é vosso e, acreditem ou não, existem lugares em que uma mulher que não usa qualquer maquilhagem é vista como desleixada e não estúpida. É importante para a nossa imagem/carreira e talvez auto-estima, e não vejo qualquer problema nela. Desde que utilizada correctamente, é divertida e uma parte natural da nossa vida.

 

Beijinho, dani"

24 comentários

Comentar post

Pág. 1/2