Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sempre Na Moda

Gordura localizada

dani, 21.08.10

   Todas as pessoas têm determinadas zonas do corpo onde a gordura tende a acumular-se. Isso tem a ver, entre outros factores, com a concentração de células adiposas, nas quais se armazena lípidos (gordura).

 

 

   O exercício anaeróbico (abdominais, etc.) sozinho não funciona na gordura localizada. Ponto final. Ajuda, sim, a fortalecer os músculos, tornando-os mais eficientes para a prática de exercício aeróbico durante o qual, depois do aquecimento, se começa a utilizar os lípidos armazenados nas células adiposas. Para além disso, a firmeza dos teus músculos vai ajudar a compensar (visualmente) a flacidez da gordura.

 

   Eis alguns exercícios anaeróbicos que podes fazer: 

  • para barriga no geral, vejam o meu plano de exercício anaeróbico, que cobre todos os músculos dos abdominais;
  • para os abdominais oblíquos (aquele pneu nas ancas): este, este e este;
  • para as coxas e rabo: correr é óptimo pois não só tonifica os músculos como gasta gordura; também podes fazer estes e este;
  • pilates é óptimo para tonificar os músculos, corrigir postura e melhorar a flexibilidade.

 

   Detesto ser redundante mas quero deixar bem claro, mais uma vez, que estes exercícios não gastam gordura. Para perder gordura, deves combiná-los com exercício aeróbico. E, para perder gordura, temos de controlar as quantidades de calorias que ingerimos e a quantidade que gastamos.

 

   Tendo dito isto, quero realçar algo. Nem sempre o volume se traduz em gordura, principalmente quando se trata de barriga. Esta pode inchar por inúmeras razões.

   Pessoas da minha idade com barriga completamente lisa contam-se pelos dedos de uma mão. Isso explica-se:

  • é por esta altura que a maior parte das raparigas têm a primeira menstruação e, como processo natural, começam a acumular gordura no tronco e coxas;
  • a partir da menarca e com a idade, o metabolismo tende a acalmar e já não gasta calorias à doido, como quando éramos crianças;
  • as alterações referidas acima costumam juntar-se à má alimentação que normalmente se faz até chegar à adolescência, já que quando somos crianças não pensamos duas vezes em comer um bolo, mas quando entramos na adolescência o corpo começa a demorar mais tempo para gastar o que esse bolo te deu e as consequências são óbvias;
  • alguns alimentos predilectos desta faixa etária como refrigerantes, bolachas, fritos (batatas e afins) e álcool são verdadeiras bombas calóricas, tendo os primeiros muito açúcar e gás e os últimos três quantidades ridículas de gordura.

 

Espero que tenhas descoberto a razão por que esses excessos inestéticos estão no teu corpo e comeces a fazer algo quanto a eles - quanto mais cedo melhor e mais fácil.

 

Beijinho, dani"

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.