.pesquisar

 
online

.posts recentes

. Na primeira pessoa - Gost...

. Soutien perfeito

. Produtos que estou a ador...

. Como usar vestido branco ...

. A diferença entre os tamp...

. Os sapatos XTI

. Testei - Pincel Kabuki da...

. Resultado do Sorteio ABAT...

. Tendências Outono/Inverno...

. Limpeza Dentária por 19€5...

4 PERFECT BODY® - Loja de bikinis 2011

 

  

.tags

. todas as tags

Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010

Dieta - dicas de emagrecimento

  Estava muito reticente quanto a este post, uma vez que não tenho a certeza se os meus conhecimentos são completamente correctos (cliquem em “ler mais”). Por isso, não vou fazer um post sobre dieta mas sim dar-vos a conhecer o que eu fiz para perder peso. Funcionou e as análises sanguíneas não podiam ser melhores, por isso mal não vos pode fazer. Se não resultar para vocês, lamento sinceramente. Espero que consigam atingir os vossos objectivos, de uma maneira ou de outra!

 

   Tenho 15 anos, não tenho formação profissional. O meus conselhos são baseados no que aprendi quando frequentei um ginásio e nas aulas de ciências durante as quais bebi as palavras da professora.

 

   Para além disso também me sirvo dos meios de comunicação, nomeadamente televisão, internet e revistas. Estes últimos recursos não são uma fonte 100% segura; no entanto, os conhecimentos sólidos que já detenho, combinados com a minha perspicácia, racionalidade e capacidade crítica, permitem-me retirar o que interessa e não me deixar enganar.

 

   Eu própria interesso-me pela área da saúde, motivo pelo qual frequento o curso de ciências e tecnologias este ano, visando a faculdade de medicina.

 

   Independentemente da minha formação, tenho sentido de responsabilidade e não direi nada, nem neste blog nem em qualquer outro sítio, que não tenha a certeza de ser completamente correcto. Aliás, tenciono recusar pedidos aos quais não saiba responder com precisão.

 

 

  • "Números de saúde". Calcula o teu IMC (índice de massa corporal) e faz análises sanguíneas (na farmácia podes verificares os níveis de colesterol, diabetes, tensão arterial, etc.). O IMC deve estar entre 18,5 e 24,9, sendo 22 o ideal. Lembra-te que perder peso e perder gordura/açúcar/sal, não é necessariamente o mesmo.
  • Metas concretas. Com base nos números, determina se tens de mudar, o que tens de melhorar e quais os teus objectivos (exequíveis).
  • Motiva-te. A tua saúde deve ser o principal motivador, e não o que os outros dizem ou uma fotografia retocada. Tens permissão (e dever) para ser egoísta e fazer isto por ti e mais ninguém.
  • Organiza-te. Compra um diário e, em cada folha, escreve o que comes em cada dia e o exercício que praticas. Se for um dia bom, recebes uma boa marca. Caso contrário, uma cruz bem vermelha vai lembrar-te de nunca mais repetir esse dia.
  • Informa-te. Não consegues aplicar nada sem conhecimentos: lê livros sobre nutrição ou simplesmente mantém-te atenta aos posts sobre alimentação do blog. Assim poderás gerir a tua própria dieta e ter uma boa relação com a comida.

 

  • Sem pressão. Não tens nenhuma arma apontada à cabeça – o importante é realizares os teus objectivos, e não o tempo que demoras a fazê-lo.
  • Apoia-te. Informa as pessoas mais próximas de ti, ou pelo menos quem vive contigo, da tua resolução. Pede-lhes ajuda para te manteres no bom caminho e compreensão quanto aos teus novos hábitos alimentares.
  • Varre as reservas. Passa a pente fino os armários, o frigorífico e o congelador e tira tudo o que não devia lá estar. Se não tiveres as tentações em casa, é muito menos provável que lhes cedas.
  • Faz compras semanais e mensais distintas. Os alimentos a ser consumidos com moderação não devem fazer parte das compras semanais, mas sim mensais.
  • Come antes de ir às compras. O ideal é fazê-las logo a seguir ao pequeno-almoço, até porque se te levantares cedo o hipermercado vai ter menos movimento.
  • Lê a informação nutricional. Existem muitas marcas para os mesmos produtos alimentares, e esse é o nosso único guia (mais ou menos correcto) para escolher o melhor.
  • Evita secções. Para quê passar na secção de bolachas e aperitivos, se não vais levar nada? Se fores obrigada a percorrer esses corredores, não olhes para as prateleiras e não penses no que te apetecia – concentra-te no que tens de ir buscar, na música ambiente…

 

  • Compensa. Se num dia comeste de mais ou algo que não devias, não fiques a lamentar o leite derramado – uma boa sessão de exercício, de preferência mais extenso, vai fazer-te sentir muito melhor
  • Não compenses. Sim, soa contraditório. Mas não deves compensar a comida com comida. Por exemplo, se comeste um chocolate, não deves passar o resto do dia sem comer ou saltar uma refeição para o compensar. Só vais piorar tudo.*
  • De 3 em 3h. Não deves passar mais de 3h sem comer; vais fazer o teu metabolismo saltitar, em vez de ter um ritmo estável. De manhã, põe sempre um lanche leve e nutritivo na mala antes de sair a correr.
  • Bebe água. Lamento que as palavras não sejam suficientes para expressar o quão importante é. Bebendo 1,5l de água diários, vais ter a barriga mais lisa, unhas saudáveis, pele e cabelo melhorados, até o hálito é mais agradável… A água é uma óptima fonte de sais minerais importantes. Por favor, bebam: duas garrafas de 50cl na mala todos os dias.
  • Lanche obrigatório. A meio da manhã e da tarde, não pode faltar. Se comeres pequeno-almoço às 7h e almoçares às 14h, divide o lanche: a primeira metade às 9:30h, a outra às 11:30h (exemplo).
  • Come. Sim, leste bem. Estás terminantemente proibida de passar períodos de fome: vais dar com o metabolismo em doido, comer o que não deves e em quantidades exageradas. Quando estiveres faminta, deves comer.
  • Horários fixos. Não é fácil hoje em dia, mas com organização e premeditação não é impossível. No dia antes pensa quando vais ter tempo para almoçar e jantar e, se as refeições se adivinharem atrasadas, prepara algo previamente.
  • Evita ataques de fome. Como? Habituando o teu corpo a horários regulares, nunca saltando refeições e tendo sempre a maçãzinha na mala.

 

  • Plástico milagroso. Sempre que o jantar for esperado para as 21h, prepara algo que possas levar num tupperware e comer às 19:30h. Caso te deites muito tarde, a ceia (de preferência legumes) é uma opção viável para não ires dormir com fome.
  • Não comas antes de te deitares. O ideal é o jantar ser entre as 18:30h e as 20h, e a cama estar ocupada às 21:30-22h.
  • Poupa no jantar. A esta hora do dia, a quantidade de energia que o teu corpo pede é menor. Por isso mesmo, poupa tempo e peso no jantar. Opta por evitar grelhados e fritos, come legumes e fruta - a massa, pão e afins devem ser adquiridas ao longo do dia, quando são mais necessários.
  • Come fora sem drama. Quando fores a um restaurante, opta pelas saladas e sopas. Se não forem grande espingarda, vira-te para os pratos de cozidos. A quantidade nos restaurantes é, regra geral, exagerada: antes de começares a comer, separa o que está a mais para um cantinho do prato.
  • Escolhe o prato. Um prato enorme não deve ser cheio, o que dá ao teu cérebro a sensação de estares a comer menos do que a realidade. O ideal é ser branco e não ter diâmetro acima de 20cm.
  • Bebe conscientemente. As bebidas são, muitas vezes, fontes inocentes de centenas de calorias – a água deve ser a primeira escolha, o chá a segunda, os sumos naturais de uma única fruta a terceira e, por fim, sumos de pacote (até agora, só encontrei um bom).

 

  • Faz o diário a partir de folhas que não tenhas usado (de cadernos de anos anteriores). Para além de te divertires, poupares mesada e teres algo único no mundo feito com as tuas mãos, o ambiente agradece.
  • Haverá dias em que não tiveste tempo de praticar exercício ou de escrever o que comeste. Nesses dias, escreve apenas a data e a marca (boa ou má) que pensas aproximadamente merecer.
  • Não desperdices uma página do diário só para escrever uma data e uma marca: nos dias em que não escreves nada para além disso, escreve o próximo dia na mesma folha.
  • A menos que tenhas uma boa base de conhecimentos, não te aconselho a confiar em qualquer website.
  • Não te peses nas balanças de farmácia. Deves fazê-lo numa balança de casa de banho, sempre no mesmo dia de manhã, em jejum, uma vez por semana. Não é necessário apontares a variação do peso – tenho a certeza de que te vais lembrar.
  • Se viveres acompanhada e tiveres de partilhar o frigorífico, pede aos teus co-habitantes que embrulhem a sua comida má em sacos que não transparentes, e divide os armários: um é só teu, de forma a não teres de abrir os outros.
  • Quando estiveres acompanhada de uma ou mais pessoas, por exemplo, num café, não te sintas deslocada por não estares a comer – podes pedir um carioca de limão (sem açúcar), mas não tens a obrigação de comer.
  • Faz uma lista de compras antes de saíres de casa. Guarda sempre as duas últimas listas, pois se não tiveres tempo de a fazer um dia, tens as outras como referência.
  • Combinando exercício com dieta, terás resultados bem mais rápidos. Lembra-te que o exercício físico não serve apenas para emagrecer. Por exemplo, quando fores mais velha vais notar os benefícios do exercício regular (ossos mais saudáveis, menos probabilidade de problemas cardiovasculares, diabetes… e tantos mais). Para já, o resultado mais visível será o corpo bem firme e torneado.
  • *A única circunstância em que deves compensar é se comeres demasiado de algo que é bom. Por exemplo, se comeste muito arroz e afins, podes perfeitamente reduzir a esse grupo no resto do dia. Explicarei melhor em posts futuros.

 

 

   Não sei quão rápidos são os resultados. Eu pesei-me em Setembro de 2009 e tinha 52kg, a partir daí comecei mais ou menos com isto, só voltei a pesar-me no mesmo mês deste ano e peso 46kg.

 

   Sim, vou fazer posts sobre refeições. Vou também fazer um post sobre como interpretar a informação nutricional, dizer-vos alguns dos melhores produtos que já encontrei, explicar-vos para que servem alguns nutrientes e muito mais.

 

   Se tiverem algum post sobre alimentação (qualquer um) que gostariam de ver aqui, por favor digam-me nos comentários e eu responderei.

 

   Boa sorte!

 

Beijinho, dani”

publicado por dani às 23:37

link do post | comentar | favorito
52 comentários:
De Sara a 22 de Outubro de 2010 às 23:56
Quanto pesas e quanto é que medes?
De dani a 23 de Outubro de 2010 às 00:09
Percebo a pergunta, não é qualquer um que pode pesar 46kg e ser saudável... mas de facto eu sou muito baixinha, 153cm de pessoa :b
De Sara a 23 de Outubro de 2010 às 18:59
Ok, então está explicado :)
De Diana a 23 de Outubro de 2010 às 01:39
Obrigada por este post!! Estas dicas vão ser muito úteis!!! ^^
De sara a 23 de Outubro de 2010 às 11:23
qual é o teu lanche da manhã?
De dani a 29 de Outubro de 2010 às 19:21
Varia entre uma peça de fruta, um iogurte, pão de mistura ou tostas integrais - uma qualquer combinação de alguns destes.
De sweet a 23 de Outubro de 2010 às 13:31
eu gosto muito dos teus posts de alimentação mesmo! acho que dás dicas espectaculares! :D
A pergunta pode parecer um pouco estupida mas queria saber se podias dar algumas dicas para engordar eu tenho 1.66 e peso 45 kg,como bem e conscientemente ja tentei de tudo e nao consigo engordar será q me poderias ajudar? obrigada :D
De dani a 29 de Outubro de 2010 às 19:57
Antes de mais, obrigada! A tua pergunta não é nada estúpida, mas aviso que não tenho a certeza do que te vou responder. Não te conheço por isso não sei se precisas de ganhar massa muscular ou de outro tipo, mas suponho que seja massa muscular. Para isso faz exercício de desenvolvimento dos músculos e consome mais calorias do que actualmente, tomando especial atenção ao grupo das proteínas. E, se não conseguires engordar, aconselho-te realmente a pedires ajuda médica, pois o teu peso, como já sabes, não é saudável e deve mudar. Beijinho, boa sorte  :)
De sweet a 30 de Outubro de 2010 às 14:24

ok muito obrigada é o que irei fazer! bejinhos e continuaçao de bom trabalho
De dani a 30 de Outubro de 2010 às 21:02
Muito obrigada! Não tens de quê; boa sorte  :)
De :D a 23 de Outubro de 2010 às 16:43
parabens o post esta um espectaculo!
informaçao principal,eficiente e muito boa

obrigada e mais uma vez parabens!
De dani a 29 de Outubro de 2010 às 19:57
Obrigada  :)
De Daniela a 23 de Outubro de 2010 às 16:57

Adorei o post :p
Vou começar a fazer isso :x
Estou a tentar emagrecer, no mês antes de começar a escola perdi 6 kg com a dieta. Mas começou a escola e já os engordei. Mas vou começar a comer bem, e seguir essas dicas.
Obrigada :)
De dani a 29 de Outubro de 2010 às 19:59
Boa sorte! Não tens de quê  :)
De Popy a 23 de Outubro de 2010 às 17:02
Hey adorei o post =)


Gostava de saber como usar camisolas e tops brancos sem que se veja o sutien


Obrigada ; )
De dani a 29 de Outubro de 2010 às 20:02
Se forem num bom tecido, basta usar um soutien branco e não se nota. Se não, usa um top de alças branco por baixo das camisolas e soutien branco com os tops... mas a transparência é das primeiras características a anotar da roupa, da próxima vez tenta lembrar-te  ;)
De Rita a 23 de Outubro de 2010 às 17:28

Olá, eu queria fazer um pedido. Será que podias fazer looks com as tendências deste inverno? Tipo casacos com pêlo, aquelas botas de montanha, túnicas com leggings, aquelas leggings com renda ou tipo padrão que agora se usam muito... Combinações e assim.

Obrigada
De :) a 23 de Outubro de 2010 às 18:04
UAU!!
Este post está super completo, informativo e, o mais importante, realista!
Nota-se que é possível de fazer a dieta mas que não vai ser fácil.
Gostei muito da dica do diário. Às vezes "engano" a minha consciência, convencendo-me que já comi muita fruta num dia ou que não como chocolate há vários dias. Assim não vou ter desculpas.

Sobre ir a restaurantes... Acho que estavas a falar dos restaurantes tipicamente portugueses que fazem dozes para elefantes, mas eu normalmente vou ao McDonald's (ou algo parecido) com os meus amigos e costumo pedir dois hamburguers, uma doze grande de batatas fritas, uma bebida XXl etc... e descobri que se comer uma sopa na Loja das Sopas (que são muito boas, e digo eu que não gosto de sopa) já não tenho espaço para tanta comida a seguir!

Mais uma vez parabéns pelo post e acho que importante teres postado o teu peso e o tempo que demoraste a chegar lá porque normalmente nós, raparigas, desistimos de uma dieta se não dá resultados a curto prazo.
De dani a 29 de Outubro de 2010 às 20:07
Não é que seja difícil, mas não é instantâneo. Acima de tudo, devemos treinar-nos a ter bons hábitos e ser saudáveis toda a vida, e não andar a engordar, emagrecer, engordar... Quando faço um post sobre alimentação faço questão de me foca na saúde, e não tanto no aspecto.
Desejo-te a melhor sorte e, se precisares de falar ou de apoio ou seja o que for, estás à vontade para ir ao meu blog ou aqui  ;)
Beijinho!
De Ana a 23 de Outubro de 2010 às 18:23
Peso o mesmo que tu, mas sou 10 cm mais alta e não consigo engordar :s
De dani a 29 de Outubro de 2010 às 20:12
Lamento ouvir isso... digo-te o mesmo que já disse aqui: faz exercício de desenvolvimento dos músculos e consome mais calorias do que actualmente, tomando especial atenção ao grupo das proteínas.
Muito sinceramente não tenho a certeza disto, pois cada caso é um caso e este é para ganho de massa muscular (não vais ficar com linhas de músculo, não te preocupes), mas talvez se adeque a ti. Abdominais, dorsais, flexões (pode ser de joelhos), agachamentos... este tipo de exercícios são indispensáveis para ti, de preferência fá-los diariamente. E se não conseguires mesmo, consulta um médico a menos que sejas muito nova pois é provável que venhas a atingir um peso normal com a idade

Comentar post

Romwe - The Latest Street Fashion 

.arquivos

.links

Shop for Oakley Sunglasses at Sunglasses Shop
Sunglasses Shop. Shop for Women's Oakley